Masters 1000 de Indian Wells

Os encantos do melhor torneio do mundo.

Nos últimos quatro anos, o BNP Paribas Open, realizado na cidade de Indian Wells, um Oasis no deserto californiano, foi eleito o melhor torneio Masters 1000 da ATP e também o melhor Premiere da WTA, as classificações máximas de torneios das entidades que regem o tênis profissional masculino e feminino.

O torneio que só perde em premiação e quantidade de público para os quatro Grand Slams, (Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e Us Open), a cada ano se supera com inovações, qualidade, serviços e atendimento ao público e jogadores.

O evento cresce tanto a cada edição, que lá foi construído o segundo maior estádio de tênis do mundo, ficando atrás apenas do Arthur Ashe Stadium, em Nova York.

A CIDADE

A cidade localizada a pouco mais de uma hora de Los Angeles, cresceu junto com o torneio e, hoje, o famoso Coachela Valley, onde está localizada, tornou-se palco de grandes eventos esportivos e musicais durante todo o ano, atraindo grades redes de hotéis, restaurantes e shopping centers.

No caminho de Los Angeles para Indian Wells você verá inúmeras torres de energia heólica que abastecem com energia elétrica “limpa”, gerada pelo vento californiano, a maioria das cidades da região.

Perto do início da primavera americana, o clima ameno e ensolarado que você vai encontrar na Califórnia no mês de março é apenas um dos motivos que levam milhares de pessoas para Indian Wells atrás de assistir o melhor tênis do mundo.

Resorts maravilhosos com excelentes campos de golf, muitas quadras de tênis, outlets e lojas de grife, têm atraído turistas de todo o mundo, ricaços do Vale do Silício e artistas de Hollywood.

Com muitas palmeiras, árvores, ciclovias e pistas para correr ou caminhar, Indian Wells tem avenidas largas e arborizadas, muita decoração em tons terrosos e os hotéis normalmente emprestam belas bicicletas em estilo retrô para os hóspedes conhecerem suas ruas de maneira saudável.

Você verá inúmeras Ferraris, Porsches, Mercedes e todo tipo de carros de luxo, mas verá que os Teslas, os carros elétricos que estão revolucionando o mercado, estão presentes na Califórnia como em nenhum outro lugar. E, ainda, verá estações gratuitas de abastecimento de energia elétrica para estes incríveis veículos nas praças e estacionamentos.

Essa estrutura toda, a atmosfera incrível e o fato de ser o primeiro Masters 1000 do ano, tornam o torneio simplesmente imperdível para todas as grandes estrelas do tênis mundial.

O TORNEIO

O torneio acontece em dez dias, com chaves de simples e duplas, no masculino e feminino.

Ficou famoso pela excelente recepção aos jogadores, que no caso de grandes nomes como Federer, Nadal, Djokovic, Sharapova, Eugenie Bouchardt, Serena Williams, entre outros são recebidos muitas vezes pessoalmente pelo próprio dono o evento, o Multi-Bilionário Larry Elisson, que os hospeda em casas vizinhas à sua no Country Club de Indian Wells, para estarem todos pertos e muito bem atendidos.

Outros tenistas, não tão icônicos quanto os citados acima, não ficam na vizinhança exclusiva do dono do torneio, mas ficam hospedados em suítes espaçosas, com incríveis vistas para as montanhas californianas, nos maravilhosos resorts que ficam a menos de 2km do torneio.

Nada mal para dez dias de trabalho.

São nesses mesmos hotéis que o público que vai ao torneio através das agências especializadas se hospeda e desfrutam do mesmo estilo de vida. Além de encontrarem seus ídolos o tempo todo, no café da manhã, no jantar ou mesmo na academia.

Estes resorts apesar de oferecerem todo o requinte, se reservados com antecedência oferecem bons preços, compatíveis com hotéis bem menos estruturados em Miami ou Nova York.

Mas não perca tempo, o torneio é muito concorrido, a Califórnia tem uma população com alto poder aquisitivo e os hotéis de esgotam rapidamente.

O preço do ingresso é bem mais acessível que de um Grand Slam, os tickets no Lodge tem ótimos preços – apesar de não serem muito perto da quadra – enquanto as melhores pedidas são no Courtside.

O segredo em Indian Wells para não pagar caro, é se programar e comprar pacotes completos – com tickets/hotel/traslado – com antecedência e com agências especializadas, que compram em grande volume, direto com a organização do evento e conseguem preços melhores do que se você comprar sozinho.

Além dos incríveis jogos e da atmosfera única de sentir que a cidade toda respira tênis nos dez dias do evento, as agências que trabalham junto ao evento oferecem experiências únicas como:

– Os melhores ingressos nas fileiras mais baixas com melhor preço;

 -Clínicas de tênis, workshops e jantares com tenistas profissionais;

– Visita aos bastidores do evento e aos treinos para conhecer e tirar fotos com os atletas;

– Um torneio amador de duplas para veteranos nas quadras do complexo – os seus adversários poderão ser os diretores de empresas como Oracle, Microsoft, Apple, Facebook ou algumas estrelas de Hollywood;

– Jogos de exibição com grandes nomes do tênis, mas já aposentados como John McEnroe, Andy Roddick e James Blake.

APROVEITANDO PARA CONHECER A CALIFÓRNIA OU LAS VEGAS

Um dos bons motivos para ir a Indian Wells é conhecer a Califórnia e Las Vegas, que fica à pouco mais de três horas de carro da cidade, viajando por estradas excelentes, quase que em linha reta pelo deserto californiano.

Relacionamos abaixo alguns passeios e dicas irão tornar a sua viagem ainda mais inesquecível:

– Há menos de 30 minutos de Indian Wells, está Palm Springs e o Premium Outlets, localizado na entrada da cidade, o qual é um dos melhores dos Estados Unidos, não tão cheio de gente como os outlets da Flórida e muitos produtos exclusivos estão por preços inacreditáveis.

– Se quer conhecer Los Angeles pode ser hospedar em West Hollywood (We-ho), curtindo o circuito de lojas-restaurantes-mansões em Bervely Hills, na Rodeo Drive e Sunset Boulevard.

Mas não deixe de conhecer Malibú, Venice Beach e Santa Mônica, num clima de praia e passeios pelos calçadões e o famoso Píer.

– Las Vegas fica a pouco mais de 400 km de Indian Wells, então pode ser uma pedida de uma viagem ainda mais divertida.

– Pra quem quer ir um pouco mais longe, pode fazer uma viagem de 4 dias antes do torneio, chegando na Califórnia por San Franciso e descendo para Indian Wells.

São 900km com as águas azuis do Oceano Pacífico à sua direita e  passando pela belísssima Highway 1 conhecida também como Big Sur.

A estrada é ótima, você pode alugar um carro por pouco mais de 200 dólares por semana e muitas das paisagens você vai reconhecer de filmes famosos.

As paradas em Los Angeles, Carmel e Santa Bárbara vão te proporcionar momentos inesquecíveis.

Alguns dos inúmeros motivos para você entender porque todos os anos o BNP Paribas Open é eleito o melhor torneio do circuito já estão citadas acima, mas as suas conclusões você só vai poder tirar vivendo este sonho pessoalmente.

Agora é só se programar e arrumar as malas. O tênis te leva a lugares incríveis e proporciona experiências inesquecíveis.

Lúzio Ramos é Sócio-Diretor do MundoTênis, empresa especializada em viagens para assistir  aos maiores eventos de tênis do mundo.

E-mail: luzio@mundotenis.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *